sábado, 5 de abril de 2014

Ribatexas, um universo paralelo. *

O homem ribatejano tem uma particularidade que o define, além dos oito centímetros a mais no pénis: tem mais amor ao carro do que à própria esposa. Ribatejano que é ribatejano, todos os fins de semana sai religiosamente de casa para lavar o carro, fazendo com que a frequência de lavagem do veículo seja muitas vezes superior à frequência de "lavagem" do seu próprio corpo. Aliás, o homem ribatejano preocupa-se mais em lavar o carro ao fim de semana, do que em levar a esposa e os filhos a passear. Não é à toa que aqui no Ribatejo, já desde o Estado Novo que o lema "Deus, Pátria, Família" foi substituído pelo ainda actual "Deus, Vinho Tinto, Automóvel". E o facto de Deus aparecer em primeiro lugar nesta tríplice, continua a ser bastante discutível nos dias de hoje. 
Ribatejano que é ribatejano não lava o seu veículo nas lavagens automáticas, porque tem medo que a máquina o risque. Ribatejano que é ribatejano muda o pinheiro de cheiro do carro semanalmente. Uma embalagem de toalhetes para limpar o tablier do carro dura uma semana a um ribatejano. No entanto, um rolo de papel higiénico em casa é coisinha para lhe durar aí seis meses. O ribatejano enche o reservatório da água do carro três vezes por semana, mas, se a mulher lhe pedir para pegar numa garrafa de água e regar as flores, o mais provável é ele mandá-la para casa da alcoviteira que a deu à luz (recorrendo ao equivalente calão "ir para a puta que a pariu"). E for falar na relação do ribatejano com a esposa, quando um ribatejano bate com o carro, a culpa é sempre da mulher dele. Quer ela esteja no veículo, quer não esteja. Se estiver é porque o distraiu, se não estiver é porque devia estar e não estava.

                                           * Uma vez por semana publico um texto retirado do Blog antigo.

9 comentários:

  1. Perante tanta virtude inversa, fico admirada como é que tanto ribatejano que é ribatejano, ainda tenha mulher. Só me ocorre uma coisa.
    Os 8 centímetros a mais no pénis! lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não foi à toa que comecei o texto por aí, ora! :P

      Eliminar
  2. Está tudo muito certo em relação ao homem ribatejano e ao seu carro. Um dos namorados ribatejano que tive, tratava melhor do meu carro do que de mim, sem dúvida. Isso dos 8cm, pura mentira. Devem ser são 8cm a menos! lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dora Dora... 8 cm's a menos? De certeza? Não estás a confundi-lo com algum ex-namorado Alentejano ou Algarvio?

      Eliminar
    2. Não, meu querido. Há 37 anos que vivo na terra deles.

      Eliminar
  3. No dia em que for ao ribatejo o meu possante não passará despercebido portanto.. A falta de briho no exterior e a camada de pó no tablier serão demasiado evidentes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou a ver que o teu carro é daqueles que têm a inscrição "Lava-me porco!" no vidro de trás!

      Eliminar
  4. E se a namorada/mulher do ribatejano também gostar muito de cuidar do carro, nomeadamente de o lavar? É mais estimada por isso ou é mandada para a casa da alcoviteira que a deu à luz, já que o carro é dele e ela não tem nada a ver com isso? ahaha :P

    Carolina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No Ribatejo, uma mulher que trate o carro como um filho, pode até ter a cara da Duquesa de Alba, que será sempre tratada pelo marido como uma Princesa!

      Eliminar