segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Pequeno-almoço na cama

- Amor…
- Hum…?
- AMOOOOR…!
- Hum…? Diz Diana…
- ACORDA!
- Então? O que se passa?
- Tenho fome.
- Ok. 
- Amor…?
- (…)
- AMOOOOR! Acorda! Podias ir fazer o pequeno almoço…
- (.|.)
- …e trazê-lo à cama…
- (.|. .|.)
- Vá lá... Apetece-me comer torradas!
- Não temos pão, Diana.
- Podias vestir-te e ias à rua comprar…
- (.|. .|. .|.)
- …e depois fazias as torradinhas...
- (.|. .|. .|. .|.)
- …e trazias à caminha…
- (.|. .|. .|. .|. .|.)
- …à tua Dianinha!
- É. Ou então a minha Dianinha podia comer uma pouca de merdinha e deixava-me dormir…
- O QUE É QUE DISSESTE?!?!?!
- Nada amor. Vou lá ao pão então. Até já.

Moral da história: Todas as Dianas têm a mania que são princesas. (E todos os homens são uns Santos.)

Sem comentários:

Enviar um comentário